segunda-feira, 2 de junho de 2008

Na estrada da vida


Por muitas vezes na estrada da vida, nos encontramos aparentemente sós.
E dentro de nossas almas, sentimos, um sentimento, crescente de desistir de nossos sonhos, de planos traçados, e projetos inacabados.

A atmosfera ao nosso redor, parece nos prender, e nos sugar para um vazio, vazio este criado por nossas próprias mentes, através da imaginação concedida por Deus, recurso por ele concedido para nos ajudar, mas que usamos para nos destruir, desnutrindo nos de motivação.

Em tristeza nossas mentes mergulham em pensamentos incertos, e é ligeiramente bombardeada de incertezas diversas.

Mas em meio à escuridão completa em que estamos mergulhados
Derrepente surge uma pequena fagulha, que desencadeia um novo ciclo em que temos a chance de fazer dos nossos objetivos realidade.

Questões propostas por nossos próprios anseios, e outros implantados por situações e coisas que nos influenciam, impulsionam e nos fazem sonhar e posteriormente lutar, lutar pela vida.

Um comentário:

l i l y [Suh] disse...

Bom que a gente sempre pode volver nossos olhos para o céu e lembrar de um Deus que está ao nosso lado, nos momentos bons e nos ruins. Oro para afastar a tristeza